PortoPostDoc

Ute Aurand: cinema de afectos em foco no Porto/Post/Doc

por Porto/Post/Doc / 15 10 2019


Ute Aurand, uma das referências da cinematografia experimental alemã, vai estar no Porto em Novembro. A realizadora apresentará o foco que o Porto/Post/Doc fará sobre a sua obra, uma selecção habitada por família, amigos e experiências diárias que põe a tónica no carácter poético e intimista de um cinema que se foca nos afectos e nas relações humanas. Entre 23 de Novembro e 1 de Dezembro serão mostradas 11 curtas-metragens de Ute Aurand ao longo de duas sessões que contarão com a presença da realizadora na sala. O programa contará ainda com uma conversa entre Ute Aurand e Garbiñe Ortega Postigo, directora artística do festival Punto de Vista.

Desde os anos 80, a realizadora Ute Aurand tem vindo a revelar-se uma das figuras centrais do cinema experimental alemão. O trabalho de Aurand inscreve-se na tradição cinematográfica que recorre às especificidades deste meio para construir diários com imagens, registando breves momentos do quotidiano simultaneamente individuais e universais: um sorriso, um salto, uma dança. Nesse sentido, Aurand surge na orla de cineastas como Jonas Mekas, Margaret Tait e Marie Menken. Filmados em película 16mm e de câmara em punho, os trabalhos da realizadora alemã resultam de um modelo de produção marcadamente artesanal e autónomo.

Reconhecido internacionalmente, o cinema de Ute Aurand tem sido exibido em vários festivais internacionais – nomeadamente, Berlinale – Festival Internacional de Cinema de Berlim, Festival Internacional de Cinema de Roterdão, Festival Internacional de Curtas-Metragens de Oberhausen, Sheffield Doc/ Fest, Courtisane (Gante, Bélgica), Punto de Vista (Pamplona, Espanha), entre outros – e também em instituições museológicas como, por exemplo, a Tate Modern, em Londres, ou a National Gallery of Art, em Washington.

O Porto/Post/Doc decorre entre 23 de Novembro e 1 de Dezembro, em vários espaços da cidade (Teatro Municipal do Porto - Rivoli, Cinema Passos Manuel e Planetário do Porto). Anunciado estava já o foco no realizador lituano Audrius Stonys, a programação da secção Transmission e o programa especial Identidades.


A edição de 2019 do Porto/Post/Doc conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto, Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) - Ministério da Cultura, CVRVV - Vinho Verde, e de vários outros parceiros imprescindíveis à realização do festival.


Tags:
Partilhar: Facebook / Google+ / Twitter
← Notícia anterior Próxima notícia →