PortoPostDoc

Theo Anthony e Basir Mahmood no Porto/Post/Doc

por Porto/Post/Doc / 20 09 2021


Um foco na obra do americano Theo Anthony e uma sessão especial com obras do paquistanês Basir Mahmood são as novidades lançadas hoje pelo Porto/Post/Doc. A ter lugar entre os dias 20 e 30 de novembro deste ano, o festival portuense já havia anunciado um programa especial sob o tema Ideias para Adiar o Fim do Mundo. Ciclo inspirado nas ideias e obras de Ailton Krenak, ativista e pensador indígena que integrará, ao lado da programadora e curadora Susana Rodrigues e encenador e escritor João Sousa Cardoso, o júri internacional do festival. 

Desde a estreia no festival de Sundance de All Light, Everywhere, potente filme-ensaio sobre a videovigilância e a utilização de câmaras pelas forças policiais nos EUA, que o jovem cineasta Theo Anthony se afirmou como um dos nomes mais estimulantes do novo documentário norte-americano. A sua estreia, na longa-metragem, havia-se dado em 2016, com Rat Film, um documentário sobre os problemas raciais, de urbanismo, de influência estatal na segregação e as condições de vida de certas camadas da população mais pobres e racializadas de Baltimore. Inaugurava-se aí um esquema narrativo de uma inteligência profundamente contagiante que se tornaria a sua imagem de marca. No entanto, seria com a curta-metragem Subject to Review, uma encomenda do canal televisivo de desporto ESPN, que Anthony se afirmaria enquanto autor. O filme “inocentemente” dedicado à utilização do sistema “olho de falcão” nos jogos profissionais de Ténis revelava-se afinal uma parábola eletrizante sobre os limites da percepção da realidade e, como tal, sobre os limites da justiça. No foco que o festival portuense lhe dedica serão exibidos All Light, Everywhere (2021), Chop My Money (2014), Peace In The Absence Of War (2015), Rat Film (2016) e Subject To Review (2019). O realizador marcará presença no Porto para apresentar a retrospectiva. 

Espaço de Cinema Para o Ar Entrar e Circular é este o nome da sessão especial que, ao longo de 70 minutos, projetará, em contínuo, uma seleção de seis trabalhos do artista Basir Mahmood, descrevendo uma década do seu trabalho, entre a videoarte e o cinema. Uma proposta em estreia nacional que trabalha sobre o limites da percepção da realidade e revela as recorrências e obsessões do cineasta paquistanês. A primeira, o modo como a intervenção da câmara altera o real, impondo a encenação e o desconforto dos gestos. A segunda, o seu interesse pela banalidade de certas ações quotidianas, que a constante repetição eleva a uma dimensão quase iconográfica. A um terceiro nível o subtexto político, tanto no choque cultural entre ocidente e oriente, como no papel da farsa na dramaturgia eleitoral ou o papel dominante da masculinidade e a violência de género que lhe está associada. Por fim, a sua relação com a história do cinema do seu país, e as ruínas de Lollywood (como é chamada a indústria de cinema do Paquistão, que nos anos 1970 foi a quarta maior do mundo, e hoje está reduzida a subprodutos televisivos). Basir Mahmood recebeu o prémio Paulo Cunha e Silva em 2020 e o Ammodo Tiger Short Award no Festival de Roterdão deste ano.

O Porto/Post/Doc realiza-se entre os dias 20 e 30 de novembro no Teatro Municipal do Porto - Rivoli, Passos Manuel, Coliseu Porto Ageas, Casa Comum da Reitoria da Universidade Porto e Planetário do Porto - Centro Ciência Viva. À semelhança do que aconteceu em 2020, o festival contará ainda com uma extensão ao online, onde será possível visualizar grande parte dos filmes seleccionados. 

Mais detalhes sobre a programação serão revelados nos próximos meses.

 

FOCO THEO ANTHONY

All Light, Everywhere, Theo Anthony, DOC, 2021, EUA, 109'

Chop My Money, Theo Anthony, DOC, 2014, Congo, 13'

Peace In The Absence Of War, Theo Anthony, DOC, 2015, EUA, 5'

Rat Film, Theo Anthony, DOC, 2016, EUA, 83'

Subject To Review, Theo Anthony, DOC, 2019, EUA, 37'

 

Espaço de Cinema Para o Ar Entrar e Circular

BASIR MAHMOOD

All Voices Are Mine, Basir Mahmood, DOC/EXP, 2018, Paquistão, 20'

Death, At Least Once, Basir Mahmood, DOC/EXP, 2020, 10'

Manmade, Basir Mahmood, DOC/EXP, 2010, 13'

Power Between Weak, Basir Mahmood, DOC, EXP, 2015, 4'

Sunsets, Everyday, Basir Mahmood, FIC, 2020, Itália, 15'

Thank You For Coming, Basir Mahmood, DOC, EXP, 2013, 7'


Tags:
Partilhar: Facebook / Google+ / Twitter
← Notícia anterior Próxima notícia →