Workshop com Laura Mulvey no Porto/Post/Doc 2018

por Porto/Post/Doc / 14 06 2018


Workshop com Laura Mulvey no Porto/Post/Doc 2018

Estão abertas as inscrições para um Workshop exclusivo com Laura Mulvey, uma das mais importantes e idiossincráticas teóricas do cinema. Este workshop decorrerá durante o Porto/Post/Doc 2018, em três aulas intituladas “Texts of muteness: maternal silences and cinema as an expressive mode”, em que a académica mostrará filmes realizados por mulheres em contextos culturais diversos, discutindo a posição feminina numa sociedade patriarcal (descrição do curso em baixo).

Para se inscrever, por favor registe-se em https://vp.eventival.eu/portopostdoc/2018/ e seleccione o workshop. A inscrição é feita por ordem de submissão.

Laura Mulvey é professora no Birkbeck, Universidade de Londres, e trabalhou, durante muitos anos no British Film Institute. É autora de diversos livros e artigos, de que se destacam “Visual Pleasure and Narrative Cinema”, publicado em 1975 pela revista Screen, e “Death 24x a second”, livro de 2005. No primeiro, Mulvey discute o olhar masculino no cinema de Hollywood a partir de uma grelha psicanalítica; no segundo, a autora examina as novas formas de cinefilia e estudo das imagens em movimento com a emergência das tecnologias digitais. Mulvey foi também realizadora, com o seu marido Peter Wollen, durante os anos 70 e 80, de vários filmes, baseados numa estética da vanguarda. A sua principal obra, “Riddles of the Sphinx ” (1977), co-realizado com Peter Wollen, será também projectada durante o Porto/Post/Doc.

Workshop com Laura Mulvey

Datas:
Terça-Feira, 27 de Novembro, das 9h30 às 13h30;
Quarta-Feira, 28 de Novembro, das 9h30 às 13h30;
Quinta-Feira, 29 de Novembro, das 9h30 às 13h30.

Local: Escola das Artes, Universidade Católica Portuguesa
R. de Diogo Botelho, 1327, 4169-005 Porto

Valor da Inscrição:
100 Euros – até 30 de Outubro
(Desconto de 25% disponível para sócios do Porto/Post/Doc ou estudantes da Escola das Artes, UCP)

Descrição do curso:
O curso tem por base quatro filmes, todos dirigidos por mulheres, mas produzidos dentro de contextos sociais e culturais muito divergentes. Os filmes giram em torno de histórias de maternidade e retratam os problemas em encontrar meios adequados de expressão dentro do lugar marginal da mãe dentro da cultura patriarcal. O curso sugere que "o texto da mudez" reconhece o problema da expressão e dos gestos em direcção a um modo de articulação através da forma e da materialidade do meio, neste caso, o cinema como um modo expressivo. O curso terá em consideração a importância das realizadoras, as diferentes origens de produção dos filmes, bem como questões estéticas, como estrutura narrativa e performance. 

Sobre “Riddles of the Sphinx”
Laura Mulvey e Peter Wollen, 1977, 92’, produzido pelo British Film Institute

O filme consiste em 13 cenas, a maioria das quais são filmadas em panorâmicas de 360 graus de espaços de classe média ocupados pela personagem principal, Louise. Louise lida com uma mudança no seu estilo de vida, aprendendo a negociar a vida doméstica e a maternidade. Estas cenas são ocasionalmente interrompidas por sequências de Mulvey contando, directamente para a câmara, o mito de Édipo encontrando a Esfinge. 


Tags:
Partilhar: Facebook / Google+ / Twitter
← Notícia anterior Próxima notícia →