Os Humores Artificiais

Os Humores Artificiais · The Artificial Humors

Gabriel Abrantes

2017, PRT, BRA, 29', M12


Há Filmes na Baixa!

18 Jul 2017 · Passos Manuel · 22H00


No mais recente capítulo da sua expedição cinemática pelo exótico, Gabriel Abrantes regressa ao Brasil, mais concretamente ao Parque Indígena de Xingu, para uma nova fábula poética que mistura, novamente, várias referências visuais e culturais. "Os Humores Artificiais" conta uma insólita e mordaz história de amor protagonizada por um robot futurista e por uma indígena, envolvendo o espectador, como já é habitual no universo de Gabriel Abrantes, numa complexa teia de sugestões e provocações em torno de questões sensíveis como a globalização, a sexualidade e identidade. Ainda que visualmente muito sugestivo e apelativo, este filme reforça sobretudo o estatuto do cineasta enquanto contador de estórias através de narrativas mais influenciadas pela cultura popular e pela série B. (Paulo Cunha)