PortoPostDoc

Cidades Imaginadas

Cidades Imaginadas · Imagined Cities

2020, PT, 90'


Fórum do Real

26 Nov 2020 · Online · 11H00


A cidade no papel, na emulsão fotográfica, nas páginas dos livros: desenhar, fotografar e escrever são acções concretas de fixação da imaginação, de paralisar a imagem ao mesmo tempo que se inventa a cidadania por vir. Das cidades invisíveis de Calvino aos labirintos bíblicos babélicos, a cidade incita a imaginação, porque a imaginação inventa as cidades. Entre a captura e a invenção, é o trabalho urgente de inventar a cidade que estará em debate.

Ana Aragão (arquitecta)
Licenciada em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, recebeu ao longo do seu percurso académico bolsas de estudo e prémios de mérito. Estudou arquitectura em Barcelona (Escola Tècnica Superior d'Arquitectura de Barcelona), onde trabalhou simultaneamente numa editora de livros de arquitectura e design (LinksBooks, 2006-2007). Concilia actualmente a investigação em arquitectura (temas relacionados com a percepção e representação da cidade) com a ilustração, pintura e desenho. 

André Cepeda (fotógrafo)
André Cepeda nasceu em 1976, em Coimbra. Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, residência de artista na FAAP, São Paulo, 2012. Foi seleccionado para o Prémio BESPhoto, 2010, e Prémio EDP Novos Artistas, em 2007, entre outros. Desde 1999 que expõe regularmente em Portugal e no estrangeiro, tendo ainda realizado várias residências de artista. Foi  também artista vencedor da Parceria Atelier-Museu Júlio Pomar/ EGEAC e Residency Unlimited, NY, com uma residência artística de 3 meses na RU em Brooklyn, NY. É autor de livros entre os quais se destacam "Depois" (2016), "Rua Stan Getz" (2015), "Rien" (2012 e 2014), "Ontem" (2010) e "Anti-Monumento" (2019).

Luís Carmelo (escritor)
Luís Carmelo é autor de uma vasta obra literária (doze romances, entre eles "A Falha", adaptado ao cinema por João Mário Grilo em 2002). Doutorou-se pela Universidade de Utreque (Holanda) na área semiótica, em 1995, e é professor na Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) nas áreas de estética e semiótica. Enquanto ensaísta, é autor de variadas obras (incluindo o Prémio A.P.E. de 1988) sobre semiótica, comunicação/ teoria da cultura, arte, teoria literária, para além de um conjunto diverso de manuais (sobretudo da área da escrita criativa). Fundou, em 2008, a Escola de Escrita Criativa Online (EC.ON).

Paulo Pires do Vale (filósofo)
Paulo Pires do Vale é professor, ensaísta e curador; presidente da Associação Internacional de Críticos de Arte - Portugal. É licenciado e Mestre em Filosofia pela FCSH - Universidade Nova de Lisboa. Dá aulas na Universidade Católica Portuguesa e na Escola Superior de Educadores de Infância Maria Ulrich. É autor de "Tudo é outra coisa. O desejo na Fenomenologia do Espírito de Hegel", Colibri, 2006; e de muitos ensaios para revistas, livros e catálogos de exposições colectivas e individuais (de Alberto Carneiro, Ana Vieira, Ana Hatherly, Carlos Nogueira, Marta Wengorovius, Rui Chafes, Fernanda Fragateiro, Tomás Cunha Ferreira, Anne-Valérie Gasc e Vasco Araújo, entre outros). Desenvolve também trabalho como curador.

Moderação: Alexandra Martins e Luís Lima