La Princesa de Francia

A Princesa de França · The Princess of France

Matias Piñeiro

2014, ARG, 66', M12


Foco Matías Piñeiro

27 Nov 2018 · TM Rivoli, Pequeno Auditório · 21H00


Esta obra final de uma trilogia – iniciada com Rosalinda e seguida de Viola – recupera a comédia Trabalhos de Amor Perdidos para voltar a colocar a mulher no centro da narrativa. Victor, encenador, regressa a Buenos Aires após a morte do seu pai com a ideia de criar uma versão de rádio inspirada naquela comédia de Shakespeare. Para tal, rodeia-se de um grupo de actrizes com as quais teve ou terá relações sentimentais. Em La Princesa de Francia, Piñeiro serve-se de Shakespeare para, num trabalho marcado pela intertextualidade, nos falar da fluidez das relações amorosas na contemporaneidade. Porém, e como é já um traço comum dos seus filmes, aquilo que sobressai no ecrã, mais do que a trama das jovens argentinas e dos seus amores, é um retrato da envolvência, da linguagem, da vida interior daqueles rostos. Um retrato íntimo talvez só possível devido ao trabalho contínuo com estas actrizes. (Rita Morais)

EXIBIDO COM
In The Museum
Matías Piñeiro
2015, Argentina, 9’